OS COLARES DE YASMIM

Quando o mar me olha
uso espelhos para colocar o batom
carmim.
Sinto-me concha, sereia,
sol, luz, pedra e areia-tudo junto na lâmpada mágica de Aladim.
Quando o mar me olha…
Ah, quando ele me olha…!
Uso apenas os colares de Yasmim.
Maria Maria Gomes
BIOGRAFIA

Nome: Maria Maria Gomes

Biografia:

Maria Maria Gomes nasceu em Currais Novos/RN, em 15 de outubro de 1966. É formada em Letras pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte, com pós-graduação em Literatura Luso-brasileira, pela mesma Universidade, e em Educação, Pobreza e Desigualdade Social. Especialista, também, em Literatura e Ensino pelo IFRN. Atualmente é aluna do curso de Geografia pela UFRN. Aos 14 anos, escreveu os seus primeiros poemas. Aos 16, o primeiro romance, ainda não publicado. Recebeu menção honrosa no Concurso de Poesia Othoniel Meneses promovido pela Fundação Capitania das Artes, em Natal/RN. Menção honrosa no Concurso de poesia Luiz Carlos Guimarães pela (FJA) Fundação José Augusto, em Natal/RN. Publicou contos e poemas na revista Papangu da cidade de Mossoró/RN, na revista Fatos & Feitos de Natal/RN e em alguns números da Revista da Academia Norte- Rio-Grandense de Letras sob o olhar sensível de Manoel Onofre Júnior. Conta com 11 livros publicados nos gêneros prosa e poesia, incluindo um dicionário de palavras e expressões usadas no Seridó Oriental. Coordena o site pessoal www.caatingueirices.webnode.com. É consulesa do Seridó, título conferido pelo movimento poético Poetas del Mundo, com sede no Chile. Em novembro de 2015 foi premiada com o Troféu Cultura na categoria Literatura em Natal/RN.  Também premiada com o Troféu Tomaz Salustino na categoria Empreendedorismo Cultural, em Currais Novos/RN. Maria Maria Gomes faz parte do livro Impressões Digitais: Escritores Potiguares Contemporâneos Vol. I do pesquisador e escritor Thiago Gonzaga. Em Brasília no ano de 2014, através do Ministério da Cultura, publicou um artigo na obra Pensando a Gestão Cultural: reflexões e práticas nos contextos regionais. No mesmo ano publicou o conto erótico Fantasias da senhora da noite na coletânea Entre Dedos organizada por José Correia Torres Neto e participou em 2016 da Antologia Literatura Feminina Potiguar, organizada por Flauzineide Machado e Juçara Valverde. Compõe a Antologia Bilingue: Literatura Brasillis (Brasil-Cuba). No E-book Cartas para Zila Mamede, 2016, da EDUFRN (Editora da Universidade Federal do Rio Grande do Norte), Maria Maria participa com uma carta à poetisa homenageada in memoriam. Em revista online LitCult, 2017, de abrangência internacional, publicou o artigo sobre o poeta potiguar de Canguaretama Homero Homem cujo título é: Homero não era um mero Homem. É membro da ALAMP (Associação Literária e Artística de Mulheres Potiguares). Professora de Língua Portuguesa nas Escolas Estaduais em Currais Novos/RN. Brasil.

OBRAS

  1. O despertar da crisálida – (prosa) 2006

  2. O cheiro da origem – (prosa) 2006

  3. Conto de um passado perfeito – (prosa) 2009

  4. Outônicas – (poesia) 2011

  5. O Beijo de Eros – (poesia) 2012

  6. Algodão e sal – (poesia) 2012

  7. Um sertanejo, Currais Novos e o tempo – (memória historiográfica) 2013

  8. ÔXE! Dicionário de palavras e expressões usadas no Seridó Oriental- (memória linguística) 2014

  9. Proposta de chuva – (poesia) 2014

  10. Cruzeiros – (prosa poética) 2015

  11. Na sétima curva do sol – (romance) 2016

  12. TEMPORALIBUS: o tempo das nuvens – (poesia) 2019